10 de fevereiro de 2016

No Túnel do Tempo - Moco


Em 25 de janeiro de 1975, Jose Carlos Pace, o "Moco", conquistava em Interlagos, sua primeira e única vitória na F-1, de quebra acontecia a primeira dobradinha brasileira na categoria máxima do esporte a motor, com Emerson Fittipaldi na segunda colocação.

Pouca gente sabe, mas a vitória de Pace correu o risco de não acontecer. Tudo porque o brasileiro não cumpriu o regulamento que mandava o piloto completar uma volta após receber a bandeirada. Conta a lenda que Pace teria cortado caminho numa das curvas do longo circuito paulistano, fato esse que justificaria uma punição e a consequente desclassificação. No entanto, como Emerson Fittipaldi e Jochen Mass, segundo e terceiro colocados respectivamente, acabaram seguindo exatamente o mesmo caminho do vencedor, a FIA resolveu manter o resultado. Dizem que Fittipaldi e Mass o fizeram por puro cavalheirismo.

Pace seria o último piloto na história da F-1 a receber no pódio, além do troféu e champagne, uma coroa de louros.

Dois anos depois, Jose Carlos Pace faleceria num acidente aéreo, antes do início da temporada para a qual era cotado como um dos postulantes ao título.

5 de fevereiro de 2016

Futurista

O designer Sam McCafferty  imaginou como poderá vir a ser um carro de F-1 num futuro próximo. Cockpit totalmente fechado, inspirado nos caças a jato. Abaixo, a visão do piloto. Será esse o futuro da categoria?


4 de fevereiro de 2016

Lançamentos 2016 - Renault RS16


Em seu terceiro ciclo na F-1, a Renault largou na frente...

O time francês foi o primeiro a apresentar o carro para a temporada 2016. O modelo batizado RS16, nasce para  rivalizar com a Red Bull. Até porque, imaginar Renault brigando com Mercedes e Ferrari nesse primeiro ano como time de fábrica, seria completa insanidade.

Carlos Ghosn, presidente da Renault, bem que tentou, mas não conseguiu levar Fernando Alonso para seu time. Quem sabe na próximo ano...

Enquanto isso, a dupla de pilotos para a temporada de retorno será composta por Jolyon Palmer e Kevin Magnussen.

2 de fevereiro de 2016

A fila anda

Pastor Maldonado confirmou ontem, via Twitter, que está fora da F-1.

A noticia não chega a ser nenhuma surpresa, até porque, com o conturbado cenário político e econômico instalado na Venezuela há muito, o fim do apoio financeiro da petrolífera venezuelana a Maldonado, era apenas uma questão de tempo...

Dirigentes da Renault estiveram em Caracas em janeiro último para tentar alternativas junto a PDVSA, mas não tiveram sucesso.

Assim o ciclo de Pastor Maldonado na F-1 chega ao fim.

E convenhamos, não fará a menor falta. Para o lugar do colombiano, a Renault deverá confirmar Kevin Magnussen.
Leia Mais:http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,a-crise-na-venezuela-e-o-brasil,10000
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Leia Mais:http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,a-crise-na-venezuela-e-o-brasil,10000006814
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao n

1 de fevereiro de 2016

No Túnel do Tempo - Rookie

Kimi Raikkonen em sua primeira temporada na F-1, em 2001...

Quando apareceu na categoria, ainda muito jovem, muitos apontavam como temerosa a sua entrada. Até porque o jovem nórdico havia deixado o kart a pouco mais de dois anos e sua experiência em monopostos era pequena.

Pois é, mas  Peter Sauber sabia o que estava fazendo quando levou Raikkonen para sua escuderia. O feeling de Sauber para descobrir talentos estava certo mais uma vez.

29 de janeiro de 2016

Nas Ondas do Rádio


Nas Ondas do Rádio com Emmerson Nogueira. Clica ai, vale a pena...


28 de janeiro de 2016

No túnel do Tempo - Essência

Acelerar, trocar marcha e frear... o automobilismo em sua mais pura essência.



22 de janeiro de 2016

Nas Ondas do Rádio


De vez em quando a seção reaparece, dessa vez com o Quarteto de Liverpool. Uma boa pedida para essa tarde de sexta-feira.